Páginas

quarta-feira, 18 de março de 2015

Seminário | A Teoria da Gravitação de Einstein cem anos depois



Veja esta Palestra em directo com vídeo-difusão aqui


Resumo da conferência
A teoria da Relatividade Geral (RG) tem desempenhado um papel significativo, ao longo destes 100 anos, na nossa capacidade de entender fisicamente o Universo tanto do ponto vista cosmológica como astrofísico. Após um longo período em que imperaram as aplicações da mecânica quântica, e eram poucos os físicos que perdiam o seu tempo numa teoria que não parecia ter quaisquer aplicações, a RG transformou-se nos anos 70 do século passado na teoria física capaz de impulsionar novos rumos no sentido da unificação de todas as interacções físicas, com a Supergravidade e as Supercordas. Por fim, e na melhor tradição das teorias físicas, a RG tem hoje uma aplicação muito útil e vulgarizada, o GPS, que mostra como mesmo no campo gravítico fraco da Terra é necessário substituir a gravidade de Newton pela gravidade de Einstein, quando se fazem medidas com grande precisão.

CV
Paulo Crawford é Professor Agregado Aposentado da Universidade de Lisboa, tendo sido seu docente no Departamento de Física, onde leccionou e desempenhou diversos cargos pedagógicos e directivos. É membro do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço da Universidade de Lisboa (IA), tendo sido coordenador científico do Centro de Astronomia e Astrofísica posteriormente integrado no IA. Tem publicado sobre diversos temas da Teoria da Relatividade e Teorias Alternativas da Gravitação como Buracos Negros, Wormholes e Estrutura Causal, Cosmologia Relativista, e Soluções Exactas das Equações de Einstein. Interessa-se, igualmente, pela História da Relatividade tendo também publicado nesta área em revistas internacionais e desenvolve uma forte actividade de divulgação para o grande público destes tópicos.

Sem comentários:

Enviar um comentário