Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Exposição | Muro da Alimentação

II Encontro de Educação Inclusiva

Inscrições aqui.

Exposição "Viajar no tempo com o Arquivo.pt"

De 14 de março a 28 de março | Preguiçódromo de 2ªa 6ª | Das 9h às 20h Inauguração dia 14 março às 16h

Páginas preservadas pelo Arquivo.pt levam-nos aos primeiros anos da Internet. As instituições passaram a mostrar-se através dos seus sítios Web, num processo que não cessa de evoluir. Revisitar  páginas emblemáticas da história recente de Portugal é apenas o começo para um desafio maior: valorizar a memória da Web.
A equipa do Arquivo.pt, liderada por Daniel Gomes, apresenta o Arquivo.pt numa sessão de 60 minutos de carácter demonstrativo no dia 14 março às 16h, no auditório da Biblioteca FCT NOVA.
Explica-se como este serviço público de preservação dos sítios Web pode ser utilizado pelas instituições para valorizarem a sua memória.
Mostra-se como qualquer cidadão pode preservar sites com qualidade e de forma normalizada.
Responde-se a questões sobre o Prémio Arquivo.pt no valor de 15000 euros.

Cine Clube | Neste Mundo

Neste Mundo Este filme retrata a história de dois primos afegãos que embarcam numa odisseia clandestina de refugiados, do Paquistão para Inglaterra. Um filme premiado no festival de Berlim. Texto adaptado de: https://mag.sapo.pt/cinema/filmes/neste-mundo

Exposição “| Tempus longum vitiat lapidem”

“ Tempus longum vitiat lapidem “
Ivo Andrade  Ao esculpir rostos em batatas, estes apenas vão ser visíveis no seu viço nas primeiras horas após terem sido esculpidos. As batatas, depois de serem esculpidas, entram num processo de apodrecimento, de decomposição e o rosto deforma-se em função desta. Percetivelmente as esculturas vão-se modificando irreversivelmente com o passar do tempo, alterando as suas formas, texturas e tonalidades, num decurso não controlado, natural e próprio de cada batata.  O modo como as esculturas são fotografadas pode lembrar em parte as fotografias dos arquivos museológicos de antropologia e etnografia. Já o aspeto suspenso com que se nos apresentam, envoltas num escuro profundo, pretende declarar uma sensação de mundos, ou estranhos planetas antropomorfizados. Ivo Andrade (Trancoso - Portugal, 1984) Atualmente a viver e a trabalhar em Caldas da Rainha.
Licenciou-se em Artes Visuais, na ESAD.CR (Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha), em 2007. Foi …